Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘cibercultura’

Você viaja muito? Conhece muita gente? É mais velho? Frequenta lugares públicos cheios de gente há muitos anos?

Quantas pessoas existem de verdade? Mil? Dez mil? Cinquenta mil? Dê seu lance e comece a observar…

Se você viaja muito, você sempre encontra algum conhecido… não importa aonde você for. Em todos os lugares que vai vê gente muito parecida com as pessoas que você conhece de vista e/ou as que você conhece de verdade.

A impressão que tenho é que estamos dentro de um grande Show de Trumam, para não falar em Matrix…

Eu percebi até hoje uns 5 tipos de pessoas que classifico assim:

1- As que fazem parte do cenário que não falam, sempre parecem estar dormindo ou com olhar fixo em algum canto. Este grupo de pessoas é a grande maioria. Para mim parecem aqueles livros cenográficos em estante de novela, ocos, vazios.

2- Os que fazem parte do cenário que falam, se movimentam e sempre se parecem com alguém que você conhece ou fazem parte daquele grupo de pessoas que você vê sempre, colegas de trabalho ou de escola, vizinhos, gente que você só cumprimenta formalmente e nunca conversou com eles por mais que 3 frases ou acenos. Esses são maquiados de lugar para lugar e possuem pequenas diferenças mas que você sempre reconhece as características semelhantes daquela pessoa que você conhece (e acha que é de verdade)

3- Os que são próximos, que se enquadram como amigos, professores, ex- e familiares, esses conversam e interagem. Mas que as vezes você deixa de ter contato com um deles e anos depois conhece alguém exatamente igual com as mesmas características físicas e de personalidade.

4- Os irmãos, amigos muito íntimos, pais, cônjuges e filhos. Esses são os que tem vontade própria, são imprevisíveis e convivem com você por toda a vida.

5- Os que nos vigiam. Aqueles que você, as vezes consegue pegar prestando atenção em você e que ao te olhar nos olhos desvia e arruma um jeito de desaparecer.

Até o momento foram os que consegui perceber nas minhas andanças e observações do mundo…

Penso logo existo… mas como posso comprovar que você existe? O que é a realidade? Vivemos em um Show de Trumam ou na Matrix?

Vou deixar o computador responder através de seus comentários aqui no Blog…

🙂

Anúncios

Read Full Post »

Twitter-LogoNão pretendo com este post esgotar o assunto nem fazer generalizações, quanto menos tecer comparações teóricas ou exercícios científicos. Desejo apenas fazer um relato bem pessoal sobre o Twitter e os usos que andei fazendo dele com meus alunos…

Neste semestre e no final do anterior, andei estimulando meus alunos e outros alunos daqui do curso de Comunicação Social do UnilesteMG a entrar e a usar o Twitter para descobrirmos juntos seus usos.

Obviamente a questão da descoberta é uma inquietação minha, e eles estão participando mais por diversão e vontade de experimentar uma nova interface da Web 2.0.

Eu cutuco e vou cutucando eles e alguns colegas e venho observando o recurso.

Características básicas que observei no recurso:

1- Informação em fluxo contínuo.

2- Condensado de informações pelo limite do número de caracteres.

3- Pode ser ligado a um sistema móvel de comunicação, o que amplia seu alcance.

4- Ferramenta que serve para o diálogo, mesmo não sendo essa a sua função primária.

positivoAté o momento, observei o seguinte de positivo para as minhas aulas e para o curso onde ministro aulas de cibercultura e TCC:

1- Aumentou minha integração com os alunos, que passaram a ter um pouco mais de intimidade, identidade e confiança comigo e a me procurar  mais nos horários de intervalo para conversar sobre diversos assuntos, desde polêmicas à conteúdos de aula.

2- Quando online, algumas vezes usamos o Twitter como chat e conversamos tirando dúvidas e muitas vezes orientamos seus trabalhos de conclusão de curso redirecionando pequenas questões (para as questões grandes usamos o googledocs e os encontros presenciais)

3- As redes de seguidores de cada um, trazem para todos, informações complementares, acadêmicas e profissionais, sob a forma de links para sites, livros em pdf, curiosidades dos cursos e profissões envolvidas e atualidades e são compartilhadas por eles. Enriquecendo os debates e discussões.

4- Todos nós usamos o twitter para divulgar nossas atividades profissionais e acadêmicas, bem como usamos o twitter para divulgar nossos blogs em dias de postagem nova para atrair audiência entre nossos seguidores.

5- É livre para organizarmos as informações do jeito que quisermos.

6- Aumentou a capacidade de síntese dos meus alunos,

negativoPontos negativos que observei foram:

1- Para um bom uso deste recurso é preciso usar uma interface complementar, como o Tweetdeck ou similares, que ajude a administar, filtrar e organizar grupos de informação e de contatos. Usando apenas o twitter pelo browser limita-se muito suas aplicações.

2- O usuário que pretende aprender ou ter algum ganho pessoal, através desta interface, precisa ter autocontrole e ser objetivo para não ficar simplesmente gastando tempo de conexão no twitter com chat sem propósito ou ficar “correndo atrás” de informação passada.

3-  Dificuldade de acesso à informações históricas e aos encadeamento de diálogos passados.

Estou longe de considerar que os usos que fizemos do twitter são os melhores ou errados. Longe também de entender que esta seria uma boa ferramenta para a sala de aula ou não. Uma coisa eu percebi: ao estar em contato pessoal com eles, a distância entre aluno e professor diminuiu e melhorou interesse deles nos conteúdos ministados por mim. Tenho daí a impressão de que uma das funções das redes sociais que se comprovou, estreitar e construir laços e conexões são benéficos em diversas áreas.

Eu gosto da interface e penso que poderei descobrir melhores usos para ela em sala de aula.

Se isso depois virará um artigo científico eu não sei… se alguém desejar discutir mais esse assunto comigo este blog está aberto!

Abraços

Read Full Post »

Dando continuidade à minha promessa de explicar o twitter e de entendê-lo (tornei a coisa pessoal!) Hoje estou postando a versão que fiz, sob autorização, do blog post do Mark Marshall os grifos no texto são meus

 

Agradeço ao Mark pela autorização e aos amigos pelas críticas e comentários!

 

 

 

Vamos ao texto….

  

Twitter- O quê é isto e porquê eu devo usá-lo?

Postado em 9 de Março de por markmarshall

Versão em português de Rodrigo Vieira Ribeiro

 

Tenho lido em muitos blogs e sites sobrecomo você pode usar o Twittermas não cruzei com nada que me dissesse o porquê que você deve usá-lo. Então eu pensei em blogar alguma coisa que andei pensando sobre o “porquêusar.

A primeira vez que eu usei o Twitter, eu também não entendi tudo então, não se preocupe, você não é o único. Levei quase um mês até de eu chegar a qualquer ponto. Agora, como eu aprendi e conversei com outros, fui revolucionado.

Este vídeo postado por Lee Lefever do Common Craft – Explanations in Plain English (explicações em inglês simplesum trocadilho entre plano e simples pois a técnica que ele usa é a de ilustrações em papel recortado que seria um modo plano e simples de montar um vídeo explicativo, nota do tradutor)

 

Na verdade eu penso que este video não mostra a figura como um todo. Se você apenas enviar mensagens sobre “se você está tomando caféoupara onde você está indo” as pessoas não terão interesse em seguí-lo. Você precisa prover suas mensagens de algo substancial e interessante.

 

Então o que é o Twitter?

Colocando de modo simples é uma ferramenta redes sociais. A melhor analogia que eu consegui fazer é equivalente à uma atualização de status no Facebook. Ela proporciona um modo rápido de dizer em que você está trabalhando, fazendo ou pensando agora. Todavia, o Facebook limita suas atualizações aos amigos ou às pessoas que estão em sua rede (a menos que você as torne públicas). Twitter expande isso para o resto do mundo.

Você pode seguir qualquer um. Muitas figuras proeminentes no mundo estão “twitando” com Obama e McCain e até mesmo Britney Spears e Shaquille O’Neil. Leia mais sobre este assunto aqui.

 

Grande… , agora…, por quê eu deveria compartilhar o que estou fazendo com um tanto de estranhos?

Pense desta forma. Por quê você vai a uma conferência educacional ou a um workshop? Para encontrar informações sobre as melhores práticas que estão fazendo, fazer conexões com professores na esperança de aprender algo novo. Todavia, as vezes você vai a um workshop fascinante para aprender mais com o palestrante. Usualmente você esquece sobre este workshop ou perde o cartão de visitas que deram para você. O Twitter permite que você, automaticamente, mantenha contato, leia atualizações, novas postagens de blog ou websites que eles consideram interessantes. Você faz isso apenas “seguindo-os” (“following”) no Twitter.

Lentamente, sua rede de contatos cresce a medida que você segue mais gente. Você desenvolve um nicho de pessoas que possuem os mesmos interesses que você. Uma vez que você tenha esta rede, você pode fazer perguntas a eles e construir conhecimento de forma compartilhada através da rede. Normalmente isso é chamado de PLN (personal learning network ou em português: rede pessoal de aprendizagem).

Se você não tem uma rede eu concordo que o Twitter é inútil. Se você tem apenas um grupo formado de pessoas isoladas que você está seguindo, você pode ocasionalmente aprender alguma coisa nova, porém menos significativos se vc tivesse sua própria rede pessoal de aprendizagem (PLN). Eu preciso dizer a você que provavelmente você precisa seguir no mínimo umas 20 ou mais pessoas que possuem interesses em comum com você. Normalmente eu adiciono professores de outros países ou pessoas envolvidas com tecnologia. Minha paixão é a tecnologia então eu pego uma grande variedade de links e muita informação sobre o assunto com eles.

 

Então, como eu faço para ser seguido por outros?

Da mesma forma que qualquer equipe você precisa dar tanto quanto receber. Se você não der nada as pessoas deixarão de seguir você. Todo mundo possui algum conhecimento a oferecer aos outros nem que seja um bom website, uma ótima ferramenta tecnológica ou uma estratégia de ensino-aprendizagem melhor. COMPARTILHE! Lentamente você irá começar a aparecer nos resultados de busca e as pessoas irão reconhecer isso e adicionarão você. Isto criou uma cultura da reciprocidade. Se você não é um jogador de equipe, o Twitter pode não servir para você.

Esta é uma imagem do meu histórico recente de mensagens no twitter:

 

A esquerda você todas as mensagens das pessoas que eu sigo. No meio aparecem as respostas específicas das pessoas para mim. Como você pode ver, cada mensagem é curta e possui links para idéias e tópicos interessantes. Isso parece 1 grande círculo de compartilhamento! Uma amiga que tenho no twitter (@mscofino) postou algumas fotografias  tiradas na sua turma quando ela lecionava sobre frações. Coincidentemente eu darei aula sobre frações na próxima semana e isso me deu umas ótimas idéias sobre o que fazer.

Bem, isso foi um pouco do que eu penso sobre o quê e o porquê usar o Twitter. No ponto em que está, isso pode, ou não, fazer sentido para você. O melhor modo de compreender estes pensamentos é ir , experimentar e então pronunciar seu julgamento. Tente isso por um tempo e devagarzinho você irá começar a ver os benefícios e se tornará um viciado no Twitter.

Para um detalhado “comocomeçar vá ao link a seguir, é um blog dedicado feito por e para professores:

http://onceateacher.wordpress.com/2009/02/18/a-teachers-guide-to-twitter/#comments  (na semana passada eu viz uma versão deste post aqui na “A coisa é pessoal” )

http://twitterforteachers.wetpaint.com  (farei uma versão deste em breve…aguarde e me cobre!)

 

————————————————-

Acredito que avançamos do “como” começar para o “por quê” fazer de uma forma bem interessante… vou ver o que eu encontro mais para nos ajudar…

Achei também umas críticas ao uso pobre e histérico do twitter… mas vou deixá-los na curiosidade para que vocês encontrem sozinhos e construam seu próprio julgamento como disse o Mark.

Abraços

Rodrigo

Read Full Post »

Uma coisa que eu tenho e ainda não sei usar direito

Uma coisa que eu tenho e ainda não sei usar direito

Desde que minha filha número 2 adoeceu em novembro e ficou boa  (graças a Deus!), e desde que eu entrei em parafuso final para a defesa da minha dissertação de mestrado, eu não postei mais por aqui. No entanto, uma coisa muito pessoal aconteceu esta semana que me levou a postar

Na semana passada eu recebi um e-mail de uma amiga que pedia informações sobre os usos do Twitter que ela ia dar uma aula sobre o assunto no curso de jornalismo onde ela leciona.

Eu pensei… tenho conta na ferramenta e meu uso é limitadíssimo… nem tenho idéia de como preparar uma aula para explicar como usar o tal do Twitter… praticamente nem sei usar o Twitter.

Repondi a tal amiga que eu não tinha como ajudar, mas que se eu soubesse de alguma coisa eu enviaria para ela

Dois dias depois eu recebi uma msg do Steve Hargadon da comunidade classroom 2.0 dizendo que seria disponibilizado na comunidade um webnário sobre o assuntoEu enviei o link do webnário para a amiga e não fui assistir pois estava comprometido com meu orientador de entregar uma parte substancial da minha dissertação pronta naquele dia.

Como tudo que é pessoal de verdade nos persegue, anteontem eu recebo um link de um grupo sobre tecnologias educacionais CR2.0-DigiSkills  que participo no Diigo.com  com o seguinte link http://onceateacher.wordpress.com/2009/02/18/a-teachers-guide-to-twitternão resisti e fui lerquando acabei eu estava completamente mudado!

Havia solução!

O twitter podia ser infinitamente mais útil que eu pensava…

Resultado… pedi para a dona do texto, Kate Klingensmith autorização para traduzir para o português e ela prontamente me respondeu autorizando.

Obviamente os links que ela colocou também são em inglês, mas é um começo… aos poucos vou traduzindo os outros também e vou colocando aquimas não é um bicho de sete cabeças

A versão que produzi está a seguir:

 

Um Guia para professores usarem o Twitter

Autora: Kate Klingensmith

Versão em português de RodrigoVieira Ribeiro

 

Twitter faz parte da minha vida por quase todos os dias por que:

 –   É uma grande fonte de notícias.

 –    encontramos conversações ricas entre educadores e pessoas da tecnologia na educação.

–    As pessoas postam entretenimento, coisas de interesse e links muito úteis.

–    Eu me divirto com a interação fácil que tenho com outras pessoas à volta do mundo.

Muitas pessoas começam a usar o Twitter e desenvolvem uma relação difícil com a ferramentaE ferramenta não é percebida como fácil ou de grande utilidade como todos dizem. Leva algum tempo até que você encontre seu nicho, e até isso acontecer você fica sobrecarregado de informação e com a dificuldade de lidar com isso. Mas, basta segurar a ondapassará a valer a pena!!!

Este é um guia para ajudar professores, ou qualquer um que, de qualquer maneira, deseje uma experiência suave e mais divertida com esta ferramenta. Isto é, não quero dizer que será a mais compreensível lista de dicas, mas tenho esperança de que ela será útil para você.

Se você precisa ser convencido de que o Twitter é uma ferramenta maravilhosa e surpreendente, veja o post de Mark Marshall entitulado “Twitter – What is it and Why Would I Use it?” (ou Twitter – O que é isso e por que eu irei usá-lo? – que traduzirei na próxima semana pois ele já me autorizou…). Christine Morris também colocou o Twitter em uso em sua sala de aula para alguma pesquisa em tempo real e compartilhou sua experiência e postou muitas dicas aqui.

Para Começar

  • Sua foto: certamente você possui uma grande quantidade de tipos de imagens – as pessoas tendem a responder melhor para suas fotos mais recentes, mas avatars, cartoons, ou logos caem bem também.
  • Seu perfil: é muito útil incluir palavras-chave aqui por que muitas vezes as pessoas decidem seguir suas mensagens ou não através das “primeiras impressões que eles tem de você. Além do mais, o Twitter Grader e busca por palavras-chave para sua ferramenta de busca.
  • Sua URL: isto é IMPORTANTE! As pessoas irão querer saber mais sobre você do que eles encontraram em seu perfil e sobre o que você “Tweeta” (eitcha neologismo doentio…:-) )  Se você não possui um blog ou website, você pode postar um link para o site da sua escola ou outra conta que você tenha como no LinkedIn, Facebook, ou no Classroom2.0.

Gerenciando sua Vida no Twitter

Encontrando pessoas para seguir (Follow)

Este poderia ser seu maior desafio no inicio. Mas não é mais! Aqui estão algumas ótimas formas de fazer isso:

 

Não fique sobrecarregado

Você ouvirá pessoas falando sobre o Twitter “stream” oufluxo” de Twitter.  Isto é derivado de uma bela metáfora sobre as pessoas que “Cantam” enviando para todos os que o seguem suasgotas” de informação, como gotas de água que entram e engrossam um rio.

(uma breve explicação: tweets é o que faz o passarinho, canta… twitter é aquele que canta, como se diz no Brasil – Galinha que canta é a que põe o ovo, deste modo entendo o Twitter como sendo uma ferramenta paracantarou contar sobre o que estamos fazendo ou em que estamos trabalhando).

Quando você está sentado em um banco em uma praça você se diverte observando o fluxo dos que passam, mas você não pode se preocupar em se divertir em TUDO o que passa, isso seria demais…  Não se preocupe com as mensagens que você perderEu prometo que haverá sempre alguma coisa muito interessante para ler aparecendo por .  No entanto é bom ir procurar as vezes algumas mensagens antigas nas páginas pessoais das pessoas que você segue.

Tweeting ou Twitando (mais um neologismo enlouquecedor)

Você é limitado a 140 caracteres, isso parece uma armadilhaAqui você encontra uns links que podem ajudar você em seus tweets (cantos, seria uma ótima tradução para o termo evitando os neologismos absurdos):

  • TinyURL – neste link existe uma ferramenta na qual você pode encurtar para 25 caracteres um link muito longo que você deseja colocar no twitter e pode não caber na msg.
  • Bit.ly – Este também incurta o tamanho do link com a vantagem de que você pode especificar parte da URL nova. Se você criar uma conta nesta ferramenta você poderá acompanhar o número de cliques que a sua nova URL recebeu.
  • TwitterSymbolsSímbolos divertidos para inserir em suas mensagens.

Outras Entradas e Saídas

@replies ou respostas

Se você começar sua mensagem no twetter com @(nome de usuário ou username), isso fará com que a mensagem vá automaticamente para o folder “@replies” da pessoaVocê irá desta forma noticiar que você está respondendo algo que alguém disse levando as pessoas que acompanham suas mensagens diretamente para tal endereçoEste tipo de mensagem irá mostrar para seus amigos o fluxo de cada conversa se eles optarem por ver os @replies – Você pode alterar a configuração para fazer isso.

DM

Isto significa Direct Messages, ou mensagens diretas.  Estas são mensagens privadas que muitas pessoas escolhem usar para se apresentarem ou para trazer alguém para uma conversação mais longaVocê pode enviar uma DM para alguém direto de sua pasta DM ou da barra lateral da  página de perfil desta pessoa , mas apenas se esta pessoa estiver seguindo suas mensagens.

RT

Isto significa ReTweet, ou seja, o equivalente a repassar uma mensagem de outro para seus contatos. Se você quiser compartilhar com alguém o que outra pessoa disse, esta é uma forma educada de dar crédito ao autor original incluindo “RT @(username)” em algum lugar na sua mensagem.

“Seguindo – Following” Etiquetas [mais sobre isso nos comments do post original!]

Muitas pessoas dizem que é educado seguir todos que o seguem. Eu tento seguir o máximo de pessoas em retribuição, evito uns poucos tipos de usuários:

•   Aqueles que apenas escrevem mensagens banais comoEste café é bomque não dão abertura para o diálogo. Eu desejo estar apta a ter diálogo com as pessoas


•    Marketeiros – Existe uma
tonelada de marqueteiros no Twitter. Podem variar entre aqueles que tem de 18 a 5000 seguidores. As vezes eles o seguem por algum interesse real, mas não se sinta na obrigação de seguí-los se não for seu interesse real. Eu acho melhor não encher meu fluxo de mensagens do twitter  com propaganda.

Minhas ferramentas favoritas – relacionadas ao Twitter

*nota: algumas destas ferramentas exigem que você entre com seu nome de usuário e senha do Twitter – Eu não garanto sua segurança, mas posso dizer que eu usei muito destas ferramentas e não tive qualquer problema (ainda…)

  • Buscando no Twitter: Tweetscan – & Twitter Search
  • O que há de bombante no Twitter: Twitscoop
  • Quem está bombando no Twitter:  Retweetist
  • Estatísticas da sua conta, o quanto você está sendo visitado: TweetStats & Twitter Counter
  • Examinando sua comunidade: Twitter Karma & Friend or Follow
  • Fazendo enquetes para enviar: TwtPoll
  • Tweetdeck –  Esta é uma ferramenta gratuita para download que oferece a você uma janela separada para seu twitter (sua Tweetdeck, ou sua mesa para usar o Twitter). você encontra múltiplas colunas que apresentam as mensagens correntes que vc recebe, o que há de melhor é que também provê um “feed” ao vivo! Você pode escolher seu conteúdopersonalizar grupos, destinar uma coluna para fazer apenas seus DM’s or @replies.  Eu gosto de manter aberto no background do meu computador de trabalho o dia inteiro.
  • Twistori – live-feed para mensagens que incluam “love”, “hate”, “think”, “feel”, “believe”, or “wish” – o resultado pode ser chamado de arte (não compreendi muito bem isso… se alguém entender me explique por favornota do Rodrigo)
  • TwitterMosaic – Crie um mosaico com todas as imagens dos seus amigos de Twitter – coloque-o em seu blog ou em uma caneca de café ou em uma camiseta.

Links úteis relacionados ao Twitter

Twitdom –  uma aplicação de banco de dados para o Twitter com mais de 300 ferramenas para usar com ele!
TwitTip –  um blog lotado com dicas de uso para
o Twitter
Twitter’s Blog – desnecessário explicar

**19 (and counting) Interesting Ways to use Twitter in the Classroom** – 19 ( e contando ) modos interessantes de usar o Twitter em sala de aula)

@butwait possui um ‘Twitter for Newbies’ page here, com toneladas de fontes e usos.

E, se você desejar me seguir clique aqui (twitter da Kate).

Feliz Tweeting!

Bem, pessoaleu fiz a versão deste texto e estou visitando os links… a medida que eu for sabendo mais sobre o twitter eu vou repassando para vocês aqui… se alguém quiser me seguir no twitter meu endereço é este. Mas eu ainda não estou muito seguro sobre como usar o troço de modo interessante e divertido

 

Read Full Post »

%d blogueiros gostam disto: