Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Televisão’ Category

Para dar um #golpebranco basta a vontade, o dinheiro e 367 comparsas no Congresso mais 42 comparsas no Senado e seis famílias donas da mídia nacional.

Menos de mil pessoas com dinheiro, e suas famílias, são capazes de dar um #golpebranco sobre uma nação com 200 milhões de pessoas indo contra 54milhões de votos.

O difícil é conter o golpe, para conter o golpe é necessário que 54 milhões de pessoas saiam de casa e, que nem uma horda de zumbis de filme, persigam um a um os golpistas até que todos eles sejam presos, fugidos ou coisa pior.

E quando acontecer, dirão que a barbárie se instalou no País.

Não dizem nunca que essas mil pessoas golpistas é que são os verdadeiros bárbaros e criminosos do Brasil.

Isso se dá apenas porque são eles os “donos” das instituições e não representam ninguém, apenas a eles próprios e os interesses de suas famiglias.

E é isso que torna difícil o contra-golpe.

‪#‎sosCOUPinBRAZIL‬
‪#‎STOPCOUPinBRAZIL‬

Read Full Post »

Para mim a coisa é pessoal mesmo, não acredito em ficar de fora das decisões ou me omitir. Em cima do muro JAMAIS.

Por este e outros motivos hoje postei uma carta no “fale conosco” do Congresso Nacional para todos os Deputados.

Como está na moda, eu vazo esta carta aqui no meu blog de segunda mão…
Acabei de enviar uma mensagem no Fale Conosco da Camara dos Deputados.
A mensagem foi esta:
Prezados Srs. Deputados,

Esta é apenas mais uma mensagem, dentre tantas milhares que vocês já receberam e ainda receberão até domingo.

Peço que abram os olhos para além, para o futuro, não acreditem nas ameaças que vocês estão sofrendo, não aceitem acordos destes que estão comprometidos com a Justiça e querem livrar a cara derrubando a nossa democracia sob o pretexto de moralizar o que não precisa ser moralizado.

Pensem no Povo brasileiro, pensem que eles votaram em Dilma Roussef para reconduzí-la ao cargo. Pensem nos seus filhos e netos, que viverão em um País mais justo e democrático se permitirmos levar adiante TODAS as investigações e julgamentos até o fim, sem arquivamentos, sem “livrar a cara de ninguém que seja comprometido com a corrupção”, sem esconder ninguém debaixo dos panos com arcordos espúreos.

Pensem que vocês agora tem a chance de deixar o Brasil crescer novamente e manter os direitos do Povo, direitos do Trabalhador, direito dos Aposentados e dos Jovens na Escola.

Não permitam que este GOLPE em andamento siga em frente. Vote contra o Impeachment. Se você está indeciso pense que muita gente do povo está enganada pela mídia, que deve fortunas à Receita Federal e pretende não pagar o que deve, essa gente vai ter oportunidade de ser esclarecida quando os processos de cobrança chegarem ao final e as empresas tiverem que pagar os impostos devidos.

Se você já decidiu à favor, pense, ainda há tempo para mudar seu voto, se você é honesto e não está comprometido com as falcatruas, mude seu voto, você não precisa votar e se atolar na lama com quem é mal intencionado e pretende vender o Brasil e destruir tudo o que funciona e presta nesta Nação que retirou 40 milhões de pessoas do nível de pobreza.

Tenha orgulho do seu Brasil, proteja seu eleitor. Ele vai ficar do seu lado quando entender quem são os reais criminosos no Brasil. Proteja seu País. A luta hoje não é ideológica, é econômica.

Quarenta milhões de pessoas saindo da pobreza ajudarão a fazer o Brasil crescer ao invés de serem um problema.

Diga Não ao Golpe, Diga Não ao IMPEACHMENT.

Abraços
Rodrigo

Read Full Post »

Imagem

Bem… é isso, fiz esse cartão para vocês que são meus fiéis leitores… este ano publiquei muito menos do que eu desejava, mas tenho muitos projetos para 2012… se acabar vai ser muita sacanagem!

Abraços

Rodrigo Vieira Ribeiro

Read Full Post »

Somewere...

Aqui em casa ontem, logo depois que a empregada pediu demissão apareceu um arco-íris duplo que fotografei… não sei se isso significa alguma coisa, mas na hora que atribuímos alguma ligação entre as coisas passa a valer o significado, não é?

Chuva e mortes na TV.

Comparam-se as chuvas na região serrana do Rio de Janeiro com o terremoro no Haiti. Comparação pobre e tão óbvia que eles colocaram as notícias em sequência ontem no BANDNEWS…

Políticos aparecem, mentindo descaradamente, com declarações do tipo “essa é a pior chuva de todos os tempos” sem que haja comparação ou dados que corroborem a informação… ou do tipo “Nenhuma cidade aguentaria uma chuva destas”, tirando o corpo fora da responsabilidade de ter feito obras para antecipar um problema que ocorre todos os anos ou de não ter fiscalizado as construções irregulares em locais não recomendáveis por causa das encostas e margem de rios… ano passado foi igual em Angra, alguém se lembra?

Os jornalistas fazem descrições banais das cenas apresentadas “Aqui uma garagem cheia de lama e pessoas limpando a garagem, ao lado mais lama, alí um prédio que desabou”, pelamordeDeus, esses caras foram formados aonde?????? São ficcionistas paupérrimos! E jornalistas incompetentes…

Nenhuma informação coletada, nada significativo, mera descrição das cenas que todos estão vendo. Cadê o contexto? Cadê a crítica? Cadê a denúncia? Isso é o “novo” jornalismo?

Do helicóptero uma jornalista filma pessoas acenando para o aparelho e comenta “- Pessoas desesperadas pedem auxílio acenando para o helicóptero”.

Ooh, Dude, your fuck imagination sucks!

A fatalidade não é a chuva… a fatalidade está em duas situações originárias: (1) má formação do jornalista e a pior (2) safadeza político-administrativa.

Completo a fatalidade com mais 2 interesses imediatos ligados às situações: (1a) o lado “financista” das mídias que precisam vender anúncios e apoio político e (2a) Poder Político que aparece como salvador da contingência que é, por fim, resultado da ingerência.

(isso me lembrou a máfia… “-paga que nós vamos te proteger… de quem? de nós mesmos ora!)
Vítima: o povo que morreu ou ficou desabrigado e suas famílias.

Como sempre né?

As instituições que deveriam defender os direitos e interesses do povo se omitem e colaboram para a desgraça. Não se posicionam, não cobram de quem deve ser cobrado, não acionam os mecanismos legais e tratam da situação comodamente como se fosse um terremoto, uma catástrofe natural…

Se alguém quiser acreditar que chuva, que acontece todo ano no mesmo lugar e que causa transtornos iguais de ano para ano, é uma catástrofe comparável a um terremoto de grandes proporções que acredite…azar… mas até para terremoto existe tecnologia que pode ser aplicada em obra pública para proteger os cidadãos (veja exemplos em Los Angeles e Tóquio – )

Eu prefiro olhar para o meu arco-íris e acreditar que ele é uma mensagem divina de que eu fiquei livre de uma péssima empregada e que dias melhores virão!

Eu sou um iludido mesmo…

Read Full Post »

No dia 20 de novembro fui com a minha mulher assistir ao filme “Tropa de Elite 2”, depois das desventuras e mal atendimento na recepção do cinema citadas no post anterior, acomodados em nossas cadeiras (sempre gosto de sentar no meio da tela umas 3 filas atrás do meio do cinema, pois penso que neste lugar eu tenho a visão do câmera e sua perspectiva exata), começou o filme da década!

Filme da Década!

Sim, filme da década!

A história do cinema brasileiro terá esse filme como um ponto de referência. Os que gostam de cinema arte dirão: “-que absurdo!” mas os mais pé no chão concordarão comigo que cinema arte só pode ser feito se houver dinheiro… e dinheiro só existe em filme de ação ou filmes populares. Me perdoem os artistas mas arte é para quem é artista, que pode bancar seus filmes ou tem quem banque e nã0 se incomode com dinheiro.

Filme de ação, lotado de senso comum e estereótipos é tudo o que qualquer pessoa quer pagar para passar 2 horas no escuro sem pensar em nada mais que a pura diversão proporcionada pelo cinema.

O filme começa com uma piada excelente que merece ser registrada aqui, mas não literalmente pois não tenho memória para isso: “Apesar de falar sobre fatos reais esta é uma obra de ficção” ou algo parecido.

Dessa forma o diretor e o roteirista se eximem de qualquer interpretação que os leve a um, como direi, processo judicial…

Mas o que interessa no filme? A excelente atuação do Wagner Moura no papel do protagonista e do Milhem Cortaz como Tenente-Coronel Fábio Barbosa que são os perfeitos estereótipos dos policiais que representam, e convencem como tais!

Destaque também a frase popular como “cada cachorro que lamba seu próprio pau!” e para a linguagem usada no filme, um primor de realismo e tudo muito bem colocado.

O roteiro é interessante e o ritmo mantém nossa atenção por boa parte do filme, lá, quase no final dá uma desandada ficando lento perdendo o ritmo para terminar com outra piada… a imagem do Planalto, quase como uma lição de moral (o que levou ao empobrecimento da obra…pois lição de moral é para contos da carochinha).

Bem, quem é político e teve a carapuça enfiada deveria se ofender mesmo e tomar uma atitude: renunciar ao mandato ou suicidar-se, pois tudo o que é dito por lá pode bem ser verdade…

Quem é policial também que se preocupe, uma vez que só deveria existir o lado de quem defende o certo e o bom… e, sendo verdade aquilo lá, a coisa pega.

Ao terminar de ver o filme saí pensando nas consequências… e nas possibilidades.

Um filme como esse, que já é recordista de bilheteria no Brasil certamente influencia a cabeça do povo, nunca é só diversão, tem catarse, tem direção de olhar para a parte simplificada da situação econômica e dos direitos humanos.

Ao simplificar questões tão importantes com a frase “bandido bom é bandido morto” ultrapassamos à questão da justiça que é: quem deve julgar devidamente a questão tirando do cidadão e do policial a obrigação de fazer justiça com as próprias mãos?

Ao simplificar a questão esquece-se que quem sustenta a situação é quem ganha dinheiro com isso, e não é o cara armado de sandalha de dedo e sem camisa na favela que tem condições de ter arma ou dinheiro para fazer aquilo tudo.

Ao simplificar a questão não se olha sobre os consumidores das drogas que pagam para manter a coisa em si…

Alguns dias depois, vejo na TV os ataques e transtornos ao Rio de Janeiro em um violento reality show com direito à imagens aterrorizantes transmitidas para o mundo e leio no twitter gente pedindo para ver assassinatos nas câmeras…

Gente pedindo para que as ambulâncias não cheguem, gente dando palpite de estratégias para matar os bandidos…

Não quero, nem vou julgar os motivos dessas pessoas, mas sei que essas pessoas estão diretamente conectadas ao apelo comunicacional gerado pelo filme, e não percebem a realidade da situação.

Acham que na TV é tudo brincadeira…

Mas vamos à minha análise conspiratória dos fatos:

Estamos entrando em uma área muito delicada…você pode parar por aqui se quiser evitar o confronto com a ficção:

1- Copa e Olimpíadas chegando, muita grana envolvida e muita gente interessada nessa grana;

2- Acordos de todo tipo para “pacificar” o Rio de Janeiro;

3- Filme que mexe com a opinião pública sobre as temáticas de segurança, lealdade das corporações e o funcionamento das Instituições criadas para nos defender e representar;

4- Necessidade de aumento de audiência nas mídias para pagar o décimo terceiro e fazer o lucro de final de ano;

5- Planejamento prévio de ocupação das favelas do Rio para haver uma certa “urbanização” e retirada do controle das milícias e do tráfico;

6- Vazamento de informação de todo tipo…

7- Final de ano chegando e turismo em alta, afinal na Cidade Maravilhosa corre muita grana com turismo nessa época do ano;

Juntando tudo isso à campanha de difamação do Rio de Janeiro que corre solta há anos… eu imagino que:

a- Políticos do Rio querem mostrar serviço

b- Polícia do Rio tem quer mostrar serviço

c- mídia quer dinheiro, seja pela audiência, pelo anunciante ou pelo “calaboca” que o governo do estado e município deve oferecer ou pelo “falabemdemim” que as empresas ligadas ao turismo na cidade terão que investir para recuperar as reservas canceladas.

d- quem distribuiu o filme quer mais gente vendo e pagando ingressos

O povo é mero torcedor/sofredor acredita em tudo sem analisar os fatos e para quem está fora do Rio a cidade inteira é um caos, o que não é verdade, uma vez que na Zona Sul o fenômeno não ocorreu da mesma magnitude que na Zona Norte.

Não digo que foi um caso planejado, isso seria complicado demais para tornar realidade, mas foi uma série de interesses que convergiram para um momento, um lugar e uma data.

Tenho um conhecido que disse que foi tudo perfumaria, que aconteceu onde todo mundo já sabia que ia acontecer e que foi só para aparecer na mídia mesmo.

Eu, particularmente, acredito que a solução é mais simples e ao mesmo tempo impossível de ser alcançada, uma vez que votos e fiéis se conquistam com desgraças e fatalidades.

Resultado: a ninguém interessa a solução real do problema. A questão das diferenças sociais, a questão da droga/tráfico e a questão da marginalidade/criminalidade fazem parte do que alimenta a estrutura da nossa sociedade.

Quem está no topo da estrutura não percebe que é preciso mudar, quem está no meio dela não direciona suas dores e valorespara forçar quem está no topo perceber a necessidade da mudança e quem está na base, além de serer alimento para a estrutura, está tão dentro do problema que não tem força nem possibilidade de convencer a necessidade da mudança.

Por onde começar? Não sei… mas já disseram que é preciso parar de levar o doente para a UTI.

Que saúde social é parte de um processo educacional lento e de implementação de transparência e acesso de todos de forma irrestrita e facilitada às instituições…

Quem poderá nos defender? Quando deixaremos de esperar pela defesa?

 

 

Read Full Post »

Mesmo com tantas confusões entre políticos, julgamentos furados, crimes mal resolvidos e desmandos de todo tipo, a verdade está cada dia mais na moda.

O empregado, o cliente, o consumidor, a audiência, o cidadão não dá mais tanta trela às balelas.

Está na hora de começar a demitir os gerentes que escondem resultados negativos de suas administrações, de limpar os espaços de trabalho comandados por gente que não pensa na coletividade, de parar de comprar produtos e contratar serviços de empresas que poluem.

Mas essa atitude, de limpar os espaços depende exclusivamente de cada um. Da atitude individual de recusar produtos e explicações furadas. De parar de escutar lamentos pobres de gente que se faz de vítima na hora que é descoberto.

Ah, ele teve uma vida difícil, família em dificuldades, tudo bem, mas não justifica matar ou passar por cima dos outros.

A “empresa” quis que ele tomasse essa ou aquela decisão, foi a “norma”, sempre a “empresa”, nunca tem nome… ou as normas não escritas nunca tem responsável?

É assim mesmo que os irresponsáveis cometem todo tipo de arbitrariedade prejudicando pessoas, famílias, empresas colocando a culpa nos outros dos absurdos que eles mesmos promovem.

No filme “Advogado do Diabo” o discurso final do personagem do Al Pacino (a personificação que recebe o nome de Milton) ele fala uma grande verdade sobre o assunto: Não é o Diabo quem os leva à fazer as coisas erradas, mas vocês querendo agradá-lo, vocês que pensam que ele se satisfaz através das atitudes maléficas, e quando são pegos os humanos jogam a culpa nele. No mesmo discurso ele diz que a vaidade é o pecado favorito dele, pois a vaidade leva às pessoas à cometer todo tipo de absurdos.

Sim, vamos parar de permitir que as pessoas culpem as estruturas empresarias e do governo de seus atos (normalmente atos que geram vantagens pessoais).

Estamos todos conectados, o mundo, as políticas, a natureza, as pessoas, as empresas… tudo está conectado, o que fazemos ou deixamos de fazer se reflete em tudo o que acontece em nossa sociedade.

Não comprem produtos de empresas que poluem, não vistam camisas de idéias que prejudicam o povo, não escute o choro das pessoas que querem se livrar da responsabilidade de seus atos.

Todos tem a chance de mudar o mundo e fazer diferente diversas vezes por dia, comece já! O fazer igual até hoje não deu certo e, compactuar com o que é errado, para auferir vantagens pessoais imediatas, parece até que pode ser enquadrado como crime de formação de quadrilha!

Pense nisso… mude seu ambiente hoje!

Read Full Post »

Prezados,

Este é um post breve que pensei em fazer para denunciar o que se faz para conseguir alto índice de visitas nos blogs, no entanto é um procedimento que considero desleal e superficial.

É só o blogueiro escolher três temas da mídia que estão super na moda e postar uma ou duas frases em seu blog para ter seu blog “bombando” na página dos gráficos de mais visitados.

Os temas da semana são:

Capa da Playboy de aniversário com Cléo Pires

Capa da Playboy de aniversário com Cléo Pires

1- Fotos da Cléo Pires na Playboy: só de eu escrever aqui a frase “veja todas as fotos da Cléo Pires pelada na Playboy” já irá gerar uma quantidade superior a 1000 hits no meu gráfico de visitas.

Policiais investigam o caso

Policiais

2- Outro tipo de frase que hoje deve estar gerando mais visitas que site pornô é a seguinte: “entenda o que a Justiça conseguiu de provas no caso Eliza Samúdio e detalhes do processo”

3- A terceira frase que elevará ao céu as minhas visitas da semana pode ser inspirada nos “Detalhes do atropelamento do filho de Cissa Guimarães

Toda semana uma infinidade de blogueiros lançam mão desses artifícios para aumentar seu número de visitas e tentar conseguir patrocínio para seus blogs.

Se você pretende anunciar em blogs cuidado com os conteúdos dos mesmos. Você pode estar ligando o nome da sua empresa à gente que faz qualquer coisa para tomar o seu dinheiro.

E você que chegou aqui por causa destas palavras da moda na mídia, por favor, melhore sua vida assistindo menos jornalismo televisivo apelativo e comece a ler e a escrever mais, mesmo que seja na internet…

Fica a lição aos desavisados. Obrigado pela visita e deixe seus comentários por favor.

Palavrões serão editados e excluídos dos comentários. 🙂

Abraços

Read Full Post »

Older Posts »

%d blogueiros gostam disto: