Feeds:
Posts
Comentários

Archive for janeiro \10\UTC 2017

Acredito que todos vocês concordam comigo que nunca vivemos na Era da Informação, que a Zona do Agrião é mesmo muito mais em baixo…

O que pensávamos ser uma Era de Informação que emergiria como luzes guias para toda e qualquer caminhada intelectual, mesmo que básica, que começasse no primeiro ano do século XXI, pós-moderno, culturalista, liberal após dezesseis anos de crescimento e capilarização, se tornou algo infinitamente pior que uma Torre de Babel…

Sim, escolhemos a ignorância.

A sociedade escolheu, definitivamente a ignorância!

Através de um golpe de mídia, fortemente posicionado, no mundo inteiro, transformou a informação em desinformação e ignorância. Conseguiram destruir cada ágora digital que emergiu como uma “Grécia Eletrônica”no início do século XXI. Parece que foi meio que para provar que a população não pode ter voz nem vez. E que há ainda uma necessidade de construir lideranças que, paternalisticamente, devem conduzir as massas…

Destruídos os elos com a esperança de um mundo mais inteligente somos obrigados a enfrentar as massas ignaras, dirigidas pela desinformação promovida pelas mídias tradicionais.

Não há apenas um dilúvio de informação, como disse o Pierre Levy, há uma avalanche de lama fedorenta solta pela grande mídia que se derramou, no meio da década de 2010, para encobrir tudo com informações falsas, piegas, destituídas de sentido e preparadas para confundir tudo e todos. Transformando inocentes em culpados, culpados em vítimas, vítimas em causas de seu próprio infortúnio… com a final destruição da credibilidade das instituições que, em definitivo, se tornaram espaço para alimentar o ego (e encher as contas bancárias) de seus dirigentes.

No final do ano de 2013 já intuíamos, no mundo inteiro, que NINGUÉM NOS REPRESENTA. Hoje temos certeza de que ninguém NUNCA NOS REPRESENTOU.

Mas essa introdução toda se deve a uma coisa pessoal… um processo seletivo.

Atualmente vivemos uma situação de desemprego imensa. É só anunciar uma vaga que chove currículo, mas currículo de todo tipo… sem experiência, sem qualificação, com excesso de qualificação, com longa experiência em outra área não afim, gente nova que nunca teve emprego, gente que está desempregada há 2 anos, gente que ficou desempregada agora, mas que já está em uma idade mais avançada…

Enfim, selecionar um para um trabalho é deixar milhares de fora… coisa pessoal, delicada e complexa demais.

Aí, o profissional de RH, da empresa, publica uma nota chamando candidatos. Uma nota pequena e veiculada nas mídias sociais quase a boca pequena… resultado?

250 currículos e uma série de pedidos, súplicas, orações, ordens, ameaças, exigências, xingamentos…

Cara, que doido!

O nível da galera tá brabo demais! É assustador!

Poucos apenas tratam de mandar seus currículos, muitos exigem a vaga!

Um diz que é amigo do dono e quer o emprego para a esposa dele, outro começa a fazer troça sobre a vaga, um outro diz que não há justiça no processo seletivo… Sem nem saber quais são os parâmetros ou os motivos, muita gente já agride o RH antes de saber se tem ou não alguma chance (se não tem chance se retira, mas agredir?)… E olha que é para um cargo que exige pouca qualificação… imagino nos grandes cargos…

Mas porque presenciamos esse estado de coisas?

Penso que é porque as pessoas não sabem mais que emprego é uma relação de troca. De ganho mútuo e, antes de conseguir o emprego, sem saber quem é o patrão, ou sem nem saber qual que é a remuneração, ou as vantagens ou possibilidades de poder trabalhar naquela empresa, já começam a gritar e pior, a exigir direitos que ele ainda não tem!

Acredito que o nível de desinformação, aplicado sobre a população, anda tão alto que é impossível para o cidadão saber, ao certo, o que é direito e o que é dever. Não conseguem enxergar mais as vantagens ou ganhos reais pois, limitados pela visão pessimista das grandes mídias e das religiões de ocasião, se tornaram incapazes de ver algo positivo em um trabalho ou um emprego e só passa pelas suas cabeças gritar, exigir ou implorar…

Depois do Caos… virá um Caos pior… dirão os otimistas.

Eu digo que é hora mesmo de acordar para colocar ordem no caos e desligar as TVs…

Levanta-te e anda!

 

 

Anúncios

Read Full Post »

%d blogueiros gostam disto: