Feeds:
Posts
Comentários

Archive for novembro \25\UTC 2010

Penso que é preciso acabar com essa cultura do elogio e da ofensa. O elogio virou coisa banal e barata e, nessa onda, tudo o que não é elogio se tornou ofensa.

Cadê o espaço para a crítica? Cadê o espaço para o debate?

Sem crítica não há melhora, e sem esse papo de que criticar é fácil… né não, criticar é parte do desejo de melhorar, de receber valor pelo que foi pago. Coisa que não adianta processo e,  se você simplesmente não criticar e for embora chegará o dia no qual não haverão mais lugares para ir… e a economia quebra.

Como tem muita coisa para falar de uma semana de viagem e o assunto parece que não se esgotará, retorno aos problemas turísticos de BH.

Depois que postei o “O turista que se foda I – Belo Horizonte” recebi dezenas de e-mails com mais reclamações sobre BH e o trato da cidade com o turista e pelo andar da carruagem , mesmo eu sendo apenas um “turista acidental” ou “turista passante” parece que estou me tornando porta voz de mais críticas.

A primeira e mais forte reclamação que recebi, e que já vivenciei por lá, foi a questão do Taxi… em Belo Horizonte os taxis ficam parados, simplesmente não circulam.

Se você, turista, estiver no sufoco da noite, cansado ou bêbado, e não tiver um telefone de ponto de taxi será impossível retornar ao Hotel ou onde quer que você esteja hospedado.

Taxis que não circulam

Taxis que não circulam

Eles simplesmente não circulam… aí você fica a mercê de andar na noite ou por lugares desconhecidos até encontrar um ponto de taxi.

Esse é um dos exemplos de economia porca… não quer gastar com gasolina não tenha taxi… mas imagino que o Serviço de Taxi não seja um serviço se você não pode dispor dele a qualquer hora do dia (ou da noite) em qualquer lugar da cidade.

E a fila do taxi na rodoviária? A coisa mais lenta e desorganizada que já vi!

Outro problema está na cultura de serviço dos restaurantes da capital mineira: Você entra, senta-se e o garçon só traz a bebida quando trouxer a comida!

Quer beber? Faz o pedido e espera!

Quer beber? Faz o pedido e espera!

E você fica com sede e não tem o que fazer para resolver o problema, pois uma vez anotado o pedido ele desaparece e é incapaz de retornar à mesa a menos que ele esteja com seu pedido na mão… o pior:

…depois ele não retorna à sua mesa se você não terminar de comer…

Parece que ele não pode gastar o sapato dele ou os músculos para vender apenas um refrigerante né?

Não quero ensinar ninguém a trabalhar… penso que quem não trabalha direito tem que fechar mesmo. Mas, quando vejo que o problema é sistêmico sinto que é preciso que haja algum trabalho de reeducação ou investimento em retreinamento de garçons e de atendimento, coisa institucional. É preciso gerar empregos e prestar serviços de qualidade pô!

Isso é muito sério… o turista chega no restaurante com sede, a bebida deve ser servida imediatamente e mais… o garçon deve ficar atento ao cliente sem que o importune na mesa.

É comum termos o garçon que faz excesso de atenção enchendo o saco de quem está na mesa…

Pecam por falta ou por excesso!

Justiça seja feita conheço 2 restaurantes que realmente tem um atendimento tradicional e de qualidade naquela cidade: O “Taste Vin” e o “Dona Derna” nestes lugares eles sabem receber bem e fazem pratos dignos de nota.

A pedidos… continuarei com a temática, mas no próximo post falarei sobre as viagens aéreas econômicas no Brasil.

Anúncios

Read Full Post »

Semana passada estive no Rio de Janeiro a trabalho, fui apresentar minha comunicação de pesquisa no E-TIC (assunto para outro post), mas passei antes em BH-Belo Horizonte, Belzonte ou Belô para os íntim0s…

Trânsito em BH - Um salseiro fudido!

Trânsito em BH - Um salseiro fudido!

Minha mulher foi comigo e pensamos: – Por que não vamos por BH de avião? Boa iéia inicial que poderia nos trazer algum conforto ou encurtamento da viagem pensamos nós…

Seria mesmo uma excelente idéia se:

1- não fosse BH, aparentemente, uma cidade anti-turista que é sinalizada para sacanear quem é de fora;

2- se a BR381 não fosse apenas uma ridícula forma de conseguir votos pela sua duplicação há mais de 20 anos com meras maquiagens para conseguir mais votos para a próxima eleição;

3- se o aeroporto da Pampulha tivesse vôos para outros estados;

4- se o aeroporto de Confins fosse administrado por gente interessada em facilitar a vida dos usuários.

5- se BH não precisasse de uma reforma radical…

6- se o atendimento das companhias aéreas fosse um pouco melhor, só um pouco.

7- se a rodoviária também tivesse uma administração preocupada em atender bem o turista.

Contarei sobre algumas situações que explicam meus pontos de vista:

Para começar a sinalização de BH é colocada para confundir e não para facilitar, a placa avisa para entrar à direita e depois que vc entra a sinalização te abandona… e isso para sair do anel rodoviário e ir para Confins que é o aeroporto internacional local!

Sem contar na quantidade de placas colocadas em cima ou depois do entroncamento… só faltando escrever “era ali” completanto com um “otário”.

Outra questão interessante sobre BH é que raramente se pode virar à esquerda e quase todos os retornos te enfiam para dentro de um bairro estranho (claro que é estranho se vc não conhece…) e te abandonam depois de 2 esquinas sem oportunidade de voltar para o caminho que você queria sem ter que parar e perguntar a um assaltante local.

O que eu aprendi sobre sinalização na faculdade me dizia que sinalização era projetada por designers especialistas que tinham o objetivo de facilitar a vida do passante sem que o mesmo tivesse qualquer necessidade de conhecer o ambiente pelo qual está passando ou fazer qualquer pergunta.

Em BH é o oposto… parece que eles lá não gostam de turistas.

A BR-381 deveria ser um post a parte… acidentes todos os dias que param as vias por horas. Voltarei neste assunto de forma mais exclusiva futuramente.

O aeroporto da Pampulha, coitado, foi quase abandonado com a transferência dos vôos domésticos para Confins… isso aumentou o custo das viagens e o tempo, uma vez que Confins é longe “prácaraleo” e não temos vôos regionais para Confins… ou seja… se eu vou de outra cidade que me foda!

Tenho que pagar para ir para Pampulha para depois pagar para ir para Confins.

O serviço de ônibus que liga Rodoviária de BH-Pampulha-Confins é lento e demorado… ficamos presos no ônibus por 1 hora e 15 minutos em dias de pouco trânsito por lá para ir à Confins.

Ah… vamos de carro… OK… na hora de estacionar em Confins a adminstração anti-turista de BH fecha o estacionamento principal, próximo às entradas do aeroporto, e nos obriga a estacionar há 800 metros do aeroporto para carregarmos bagagem por esse espaço sem qualquer proteção das intempéries… sol, chuva ou pedintes.

Tudo isso para quê? Estimular o uso de um estacionamento péssimo, desprotegido e longe.

Sabe o que eu concluo: o administrador Belo Horizontinho não gosta de turistas. Imagino que ele pense que turismo é para desocupados… ou coisa pior…

Na Rodoviária se vc tem bagagem e chegou e vai pegar o ônibus para Confins você é obrigado a subir de ESCADA! E você tem que voltar à rodoviária e comprar a passagem do busum…

ESCADA gente!

Nem uma rampa… e elevador tem 1 sim… que está longe, te obriga a atravessar pistas de ônibus perigosas e o elevador só desce… para subir NECAS!

Você pode ficar lá em baixo e esperar horas pelo elevador que ele só desce se tiver gente para descer e ele só te pega para subir por favor, não adianta apertar o botão lá em baixo que ele não vem se não tiver gente para descer…

Imagino que sejam ordens de economizar o elevador… aquele tipo de economia porca que deixa o cliente com raiva…

BH precisa de uma reforma radical…

Talvez soltando uma Bomba H sobre BH resolvam-se alguns destes problemas… já que são problemas que envolvem pessoas não interessadas em resolver qualquer coisa além dos interesses mais imediatos e, problemas viários muito sérios que são levados como brincadeira pela administração local.

E o turista que se foda!

Resultado… se eu fosse para o Rio de ônibus eu teria mais conforto, gastaria menos tempo e teria menos aborrecimento… mas busum daqui prá lá também é dose… um dia eu conto…

No próximo post eu falarei do Rio de Janeiro…

Read Full Post »

Você é sempre avaliado pelo gosto do avaliador...

Sempre somos avaliados...

Sempre somos avaliados, não importa o que façamos: o julgamento será sobre nós apenas com base, exclusivamente, em se quem está nos avaliando gosta ou não gosta da gente… sem essa balela de critérios bem definidos, coisa nenhuma. Você pode ser querido pelos seus subalternos, ser extremamente eficiente, amoroso, atencioso e se quem te avaliar não gostar de você, tás ferrado!

Sistematizei em uma planília algumas possíves situações que nos envolvemos diariamente no trabalho, em casa, em família ou com os colegas, obviamente sem querer (ou poder) esgotar o assunto… apenas como ilustração desta percepção das questões pessoais.

Minha intenção não é julgar ninguém, apenas gerar um pouco de humor sobre uma questão de máxima importância em nossas vidas. O fato é que você gostará ou não, comentará positivamente ou negativamente sobre este post se você gosta ou não de mim… mais pessoal impossível não acha?

Situação Gerente
gosta de você não gosta de você
Você emite sua opinião Ele é Participativo e Colaborador Ele é Abusado e Indisciplinado
Você faz o seu trabalho Ele cumpre com suas obrigações Só faz o que mandam
Você não emite sua opinião Ele é reservado e se limita às ações Ele é omisso e não participa em nada
Você não faz o seu trabalho Ele está com problemas pessoais e vai melhorar Incompetente, ninguém pode contar com ele
Discorda do outro Ele tem opinião própria e excelente crítica Ele é Abusado e Indisciplinado
Cumpriu o Prazo Eficiente e Eficaz Não fez mais que a obrigação
Não Cumpriu o Prazo Precisa de mais tempo Inútil, nunca termina as coisas no prazo
Você pede uma opinião Sabe escutar críticas e sabe ser orientado e ajudado É dependente, sem iniciativa e fraco
Telefona no aniversário Atencioso e Gentil Puxa-saco
Não telefona no aniversário Ele não tem que lembrar disso, deve estar atarefado Nem ligar no meu aniversário ele liga, inútil
Concorda com o outro Consencioso, positivo Sem opinião própria e puxa-saco
Dá um presente Atencioso e Gentil Puxa-saco
Não dá um presente Ele não tem que fazer isso Nunca me deu nada!
Se altera numa discussão Tem opinião forte e é decidido em seus argumentos Grosso, Abusado e Indisciplinado
Não se altera numa discussão Equilibrado Fraco
Recebe uma grana Ele merece! Inútil sortudo!
Tem dívidas Preciso arrumar um jeito de estimulá-lo no trabalho para que ele ganhe mais Vou colocar ele na Rua antes que ele comece a prejudicar a empresa
Situação Colega de trabalho
gosta de você não gosta de você
Você emite sua opinião Ele é Participativo e Colaborador Ele é chato e presunçoso
Você faz o seu trabalho Sempre consegue terminar o que se propõe Puxa-saco metidinho
Você não emite sua opinião Ele é cauteloso, bom trabalhar com ele Ele é tão presunçoso que nem se mete nos assuntos do trabalho
Você não faz o seu trabalho Ele tá precisando de ajuda, vou lá dar uma mão O inútil nunca cumpre os prazos!
Discorda do outro Ele sempre traz uma boa crítica Tá querendo me derrubar, se acha o dono da verdade!
Cumpriu o Prazo É um exemplo para mim Puxa-saco metidinho
Não Cumpriu o Prazo Precisa de mais tempo, vou ajudar hehehe, agora ele se ferra!
Você pede uma opinião Ele é sempre consensual e não faz nada sem a opinião dos outros É fraco e sem opinião
Telefona no aniversário Atencioso e Gentil Ele tá me aprontando alguma.
Não telefona no aniversário Deve estar atarefado Ele tá me aprontando alguma.
Concorda com o outro Consencioso, positivo Ele tá me aprontando alguma.
Dá um presente Atencioso e Gentil Ele tá me aprontando alguma.
Não dá um presente Ele não tem que fazer isso Nunca me deu nada!
Se altera numa discussão É engraçado como ele defende suas opiniões É um grosso, me ofendeu…
Não se altera numa discussão Equilibrado Fraco, deve estar me aprontando alguma
Recebe uma grana Ele merece Verme sortudo!
Tem dívidas Se eu puder ajudar… Lá vem ele, aposto que vai me pedir dinheiro emprestado
Situação Familiar
gosta de você não gosta de você
Você emite sua opinião Ele é legal Ele é metido e arrogante
Você faz o seu trabalho Faz tudo o que é preciso Só faz a obrigação
Você não emite sua opinião Ele é quietão e não se mete em encrencas O metido se isenta das questões mais importantes, tá acima de todos. Babaca!
Você não faz o seu trabalho Está numa fase difícil, precisa de ajuda. Inútil, tá de novo enrolando todo mundo
Discorda do outro Ele é polêmico e divertido Cara chato, nunca concorda com nada!
Cumpriu o Prazo Sempre posso contar com ele Não fez mais que a obrigação
Não Cumpriu o Prazo Sem problemas depois vc termina Ninguém pode contar com ele quando precisa
Você pede uma opinião Cara bom de conversa! Enche o saco e sempre pede ajuda!
Telefona no aniversário Atencioso e Gentil Eu heim… Que é que ele tá querendo?
Não telefona no aniversário Deve estar atarefado Nem ligar no aniversário o inútil faz…
Concorda com o outro Gente boa, é muito legal Eu heim… Que é que ele tá querendo?
Dá um presente Atencioso e Gentil Eu heim… Que é que ele tá querendo?
Não dá um presente Ele não tem que fazer isso Nunca me deu nada!
Se altera numa discussão Polêmico e interessante Um grosso, fala alto demais quando discordam dele
Não se altera numa discussão Na dele, gente que não faz mal a uma mosca Calado daquele jeito, deve tá aprontando alguma!
Recebe uma grana Ele merece Sujeito que nasceu com a Lua no rabo!
Tem dívidas Se eu puder ajudar… Lá vem ele, aposto que vai me pedir dinheiro emprestado
Situação Mulher
gosta de você não gosta de você
Você emite sua opinião Ele é ativo e opina em tudo o que eu faço Ele é controlador e me sufoca
Você faz o seu trabalho Ele é trabalhador e dedicado Ele só pensa no trabalho, não me dá atenção
Você não emite sua opinião Ele me deixa livre para escolher e decidir Ele não presta atenção nos meus problemas, não se comunica comigo
Você não faz o seu trabalho Tem problema não, depois você faz Inútil, nunca faz nada que eu peço
Discorda do outro Sempre acrescenta, cresço com ele Nunca me entendo com ele
Cumpriu o Prazo É um querido, já acabou? Precisava correr não Não fez mais que a obrigação
Não Cumpriu o Prazo Tem problema não, depois você faz Nunca termina nada…
Você pede uma opinião Eu e ele decidimos tudo juntos Quando a coisa aperta ele vem correndo pedir ajuda!
Telefona no aniversário Um amor de marido, faz tudo por uma gentileza Tá… Depois nos falamos
Não telefona no aniversário Deve estar me preparando uma surpresa Espero que ele não esteja me preparando uma daquelas babaquices de surpresa…
Concorda com o outro Um amor, concordamos em tudo Eu estou certa mesmo…
Dá um presente Hum… A noite eu retribuo Tá… Depois nos falamos
Não dá um presente Hum… Mas vem cá que eu quero te dar uma coisa No divórcio ele vai me dar tudo…
Se altera numa discussão Hum… Adoro quando vc se altera…vem cá meu grosso! É um estúpido e grosso, não me respeita
Não se altera numa discussão Hum… Ficou quieto, vem cá meu anjinho… Fracassado! Nem discutir consegue!
Recebe uma grana Hum… Vamos aproveitar a nossa sorte e comemorar em alto estilo Arrumou isso onde? Esquisito…
Tem dívidas Meu bem, isso acontece com todo mundo, vamos sair dessa juntos Gastou isso tudo com o quê? Agora vamos perder tudo o que temos…
Situação Gerente
gosta de você não gosta de você
Você emite sua opinião Ele é Participativo e Colaborador Ele é Abusado e Indisciplinado
Você faz o seu trabalho Ele cumpre com suas obrigações Só faz o que mandam
Você não emite sua opinião Ele é reservado e se limita às ações Ele é omisso e não participa em nada
Você não faz o seu trabalho Ele está com problemas pessoais e vai melhorar Incompetente, ninguém pode contar com ele
Discorda do outro Ele tem opinião própria e excelente crítica Ele é Abusado e Indisciplinado
Cumpriu o Prazo Eficiente e Eficaz Não fez mais que a obrigação
Não Cumpriu o Prazo Precisa de mais tempo Inútil, nunca termina as coisas no prazo
Você pede uma opinião Sabe escutar críticas e sabe ser orientado e ajudado É dependente, sem iniciativa e fraco
Telefona no aniversário Atencioso e Gentil Puxa-saco
Não telefona no aniversário Ele não tem que lembrar disso, deve estar atarefado Nem ligar no meu aniversário ele liga, inútil
Concorda com o outro Consencioso, positivo Sem opinião própria e puxa-saco
Dá um presente Atencioso e Gentil Puxa-saco
Não dá um presente Ele não tem que fazer isso Nunca me deu nada!
Se altera numa discussão Tem opinião forte e é decidido em seus argumentos Grosso, Abusado e Indisciplinado
Não se altera numa discussão Equilibrado Fraco
Recebe uma grana Ele merece! Inútil sortudo!
Tem dívidas Preciso arrumar um jeito de estimulá-lo no trabalho para que ele ganhe mais Vou colocar ele na Rua antes que ele comece a prejudicar a empresa
Situação Colega de trabalho
gosta de você não gosta de você
Você emite sua opinião Ele é Participativo e Colaborador Ele é chato e presunçoso
Você faz o seu trabalho Sempre consegue terminar o que se propõe Puxa-saco metidinho
Você não emite sua opinião Ele é cauteloso, bom trabalhar com ele Ele é tão presunçoso que nem se mete nos assuntos do trabalho
Você não faz o seu trabalho Ele tá precisando de ajuda, vou lá dar uma mão O inútil nunca cumpre os prazos!
Discorda do outro Ele sempre traz uma boa crítica Tá querendo me derrubar, se acha o dono da verdade!
Cumpriu o Prazo É um exemplo para mim Puxa-saco metidinho
Não Cumpriu o Prazo Precisa de mais tempo, vou ajudar hehehe, agora ele se ferra!
Você pede uma opinião Ele é sempre consensual e não faz nada sem a opinião dos outros É fraco e sem opinião
Telefona no aniversário Atencioso e Gentil Ele tá me aprontando alguma.
Não telefona no aniversário Deve estar atarefado Ele tá me aprontando alguma.
Concorda com o outro Consencioso, positivo Ele tá me aprontando alguma.
Dá um presente Atencioso e Gentil Ele tá me aprontando alguma.
Não dá um presente Ele não tem que fazer isso Nunca me deu nada!
Se altera numa discussão É engraçado como ele defende suas opiniões É um grosso, me ofendeu…
Não se altera numa discussão Equilibrado Fraco, deve estar me aprontando alguma
Recebe uma grana Ele merece Verme sortudo!
Tem dívidas Se eu puder ajudar… Lá vem ele, aposto que vai me pedir dinheiro emprestado
Situação Familiar
gosta de você não gosta de você
Você emite sua opinião Ele é legal Ele é metido e arrogante
Você faz o seu trabalho Faz tudo o que é preciso Só faz a obrigação
Você não emite sua opinião Ele é quietão e não se mete em encrencas O metido se isenta das questões mais importantes, tá acima de todos. Babaca!
Você não faz o seu trabalho Está numa fase difícil, precisa de ajuda. Inútil, tá de novo enrolando todo mundo
Discorda do outro Ele é polêmico e divertido Cara chato, nunca concorda com nada!
Cumpriu o Prazo Sempre posso contar com ele Não fez mais que a obrigação
Não Cumpriu o Prazo Sem problemas depois vc termina Ninguém pode contar com ele quando precisa
Você pede uma opinião Cara bom de conversa! Enche o saco e sempre pede ajuda!
Telefona no aniversário Atencioso e Gentil Eu heim… Que é que ele tá querendo?
Não telefona no aniversário Deve estar atarefado Nem ligar no aniversário o inútil faz…
Concorda com o outro Gente boa, é muito legal Eu heim… Que é que ele tá querendo?
Dá um presente Atencioso e Gentil Eu heim… Que é que ele tá querendo?
Não dá um presente Ele não tem que fazer isso Nunca me deu nada!
Se altera numa discussão Polêmico e interessante Um grosso, fala alto demais quando discordam dele
Não se altera numa discussão Na dele, gente que não faz mal a uma mosca Calado daquele jeito, deve tá aprontando alguma!
Recebe uma grana Ele merece Sujeito que nasceu com a Lua no rabo!
Tem dívidas Se eu puder ajudar… Lá vem ele, aposto que vai me pedir dinheiro emprestado
Situação Mulher
gosta de você não gosta de você
Você emite sua opinião Ele é ativo e opina em tudo o que eu faço Ele é controlador e me sufoca
Você faz o seu trabalho Ele é trabalhador e dedicado Ele só pensa no trabalho, não me dá atenção
Você não emite sua opinião Ele me deixa livre para escolher e decidir Ele não presta atenção nos meus problemas, não se comunica comigo
Você não faz o seu trabalho Tem problema não, depois você faz Inútil, nunca faz nada que eu peço
Discorda do outro Sempre acrescenta, cresço com ele Nunca me entendo com ele
Cumpriu o Prazo É um querido, já acabou? Precisava correr não Não fez mais que a obrigação
Não Cumpriu o Prazo Tem problema não, depois você faz Nunca termina nada…
Você pede uma opinião Eu e ele decidimos tudo juntos Quando a coisa aperta ele vem correndo pedir ajuda!
Telefona no aniversário Um amor de marido, faz tudo por uma gentileza Tá… Depois nos falamos
Não telefona no aniversário Deve estar me preparando uma surpresa Espero que ele não esteja me preparando uma daquelas babaquices de surpresa…
Concorda com o outro Um amor, concordamos em tudo Eu estou certa mesmo…
Dá um presente Hum… A noite eu retribuo Tá… Depois nos falamos
Não dá um presente Hum… Mas vem cá que eu quero te dar uma coisa No divórcio ele vai me dar tudo…
Se altera numa discussão Hum… Adoro quando vc se altera…vem cá meu grosso! É um estúpido e grosso, não me respeita
Não se altera numa discussão Hum… Ficou quieto, vem cá meu anjinho… Fracassado! Nem discutir consegue!
Recebe uma grana Hum… Vamos aproveitar a nossa sorte e comemorar em alto estilo Arrumou isso onde? Esquisito…
Tem dívidas Meu bem, isso acontece com todo mundo, vamos sair dessa juntos Gastou isso tudo com o quê? Agora vamos perder tudo o que temos…

Read Full Post »

%d blogueiros gostam disto: