Feeds:
Posts
Comentários

Archive for maio \21\UTC 2010

Eu Mídia

Tu Mídia
Ele Crítica
Nós Interagimos
Vós Consensuais
Eles Audiência

Rodrigo Vieira Ribeiro 21-05-2010

Anúncios

Read Full Post »

Gente, o que há de mais comum é confundir política com retórica e as duas com questões pessoais!

Semana passada, com a divulgação dos elogios da TIME ao Presidente Lula, eu li de alguns colegas e conhecidos, em listas de discussão, de que era um absurdo o Lula aceitar tal elogio, pois era ele que criticava a imprensa internacional imperialista serva do capital…

O Lula não tá errado em criticar a imprensa imperialista serva do capital nem em aceitar um prêmio ou um elogio da mesma imprensa. Aliás ninguém tá errado em criticar outro e depois sentar para comer com ele.

Inimigos políticos não são, necessariamente, inimigos pessoais!

Na hora de um debate só há retórica, os caras em um debate só querem
ganhar a atenção imediata do público, ou seja: só querem passar a impressão de que são melhores.

Lembram da eleição Collor x Lula?

Lula vs Collor 1989

O Lula na época não acreditava que a retórica iria ajudá-lo, pensou
que o povo era consciente (palavra da moda que não possui qualquer significado real e positivo, já que ninguém se conscientiza. As pessoas apenas são responsabilizadas e aí, somente então, tomam uma atitude!)… no meio do debate o Collor usou de todas
as armas retóricas para vencer a discussão e dalí saiu vitorioso como
bom moço e não como um sapo barbudo…

O Collor fez o quê no governo? Fez de tudo muito a ponto de ser levado ao impeachment… e ele hj tá aí circulando e cuidando da tesouraria do PAC… Elle, depois disso,  conseguiu uma série de acordos políticos e não, também não, se conseguiu juntar provas judiciais suficientes de que elle havia roubado qualquer coisa. (não ter provas apenas significa que não conseguiram apresentar e juntar as provas perante à justiça, mais nada gente). Ele deixou de ser inimigo político… e fez mais acordos,  já que uma grande parcela de influência política eLLe tem. No entanto,  por um tempo, elle  saiu de cena deixando aquele aficionado por Fuscas no lugar dele.

Depois veio a eleição FHC x Lula

Lula vs FHC

Os argumentos retóricos na época eram de que seria mais natural um doutor e sociólogo trazer mais justiça social para o povo brasileiro que um “semi-analfabeto alejado” de esquerda, foi o que disseram por aí.

Resultado? 8 anos de retração da economia, sem inflação, mas sem negócios e sem novos empreendimentos, venda de estatais e redução da máquina pública ao nível máximo de ineficiência.

FHC e Lula são inimigos pessoais? Não de jeito algum…

Cansado de perder o Lula passou a acreditar no Poder da Retórica, e a usou em seu favor com a histórinha do Lulinha Paz e Amor… do candidato do povo… E… mesmo com a pressão econômica do final do mandato do FHC com o pulo do Dólar para o patamar superior a 3 reais, (demonstrando que a economia brasileira estava por um triz e o risco Brasil estava elevadíssimo não por causa da ameaça da entrada do PT no poder e sim por que o Neoliberalismo não fez nada pelo povo ou pelo País nem tratou-se do verdadeiro crescimento econômico necessário) o Lula foi eleito depois de fazer uma infinidade de acordos políticos com o centro, a direita e a esquerda extremista se tornando o candidato do consenso (consendo político, mas não do discurso, pois todos os que continuam lucrando com ele e continuam marretando sua existência)

Se todos perceberam bem, o Lula continua permeando os espaços políticos e encontrando consensos. É um político que pode transitar entre os ditadores de esquerda, os ditadores de direita, os poderes econômicos antagônicos e ao mesmo tempo está transformando o Brasil, em um país que se importa com suas camadas menos favorecidas, a um custo baixo.

Roubo é inerente à política e aos políticos, Maquiavel já retratava isso em seu livro “O Príncipe” retórica é sempre usada apenas para ganhar discussões breves e públicas.

O PMDB ainda é o poder maior do nosso País, mais deputados, mais prefeitos… Governar sem maioria é uma arte do absurdo, do consenso e o PT conseguiu nestes 8 anos o que ninguém quis fazer até então… arte do consenso, arte do absurdo, arte do impossível… e o país não entrou na crise e não desapareceu em tsunamis econômicos globalizados… para nós foi tudo uma marolinha mesmo.

Nunca os bancos ganharam tanto dinheiro, nunca os agribusines foram tão promissores, nunca os exportadores ganharam tanto…

Penso que o Brasileiro tem tanto medo de ganhar e ter que deixar de se lamentar que agora tá querendo mudar de governo só para ver a merda toda feder outra vez…

Colocando de outra forma: O PT pegou há 8 anos atrás um governo que ninguém queria mais… só pedreira e merda… Agora é hora de consolidar os ganhos do país e não deixar quebrar tudo outra vez…

Mas retornando aos problemas pessoais: Problemas pessoais se resolvem no analista. Inveja, medo, cobiça, ansiedade, crise de raiva, medo de ser traído são egos infantis que precisam ser arrumados no divã… não na política.

É possível enxergar as coisas boas sobre o governo Lula fora do discurso “do sou contra” ou fora dos xingamentos da obviedade.

É possível criticar questões básicas sem que se pense em generalidades e sem que sejam feitos ataques pessoais desnecessários.

É claro que no meio das discussões por interesses pessoais usa-se de todo tipo de arma retórica para se ganhar… mas isso não faz da pessoa um monstro, isso faz da pessoa apenas um ser do seu tempo, que usa o que lhe é permitido usar…

Cabe a nós eleitores e cidadãos sermos críticos e não nos deixarmos levar pelos argumentos e interesses de outros que não os nossos. Se seus interesses são pela direita, pela esquerda ou pelo centro, por cima ou por baixo defenda-os com unhas e dentes… mas não confunda as coisas como se A, B ou C fossem inimigos mortais ou idiotas completos…

Aceitar as opiniões políticas dos outros sem crítica, sem observar seus interesses e necessidades diretas, abraçar as causas e idéias dos outros é o caminho mais reto para o nazismo!

E nazismo ninguém quer não é?

Abraços

Rodrigo Vieira Ribeiro

Read Full Post »

%d blogueiros gostam disto: